Estadual,Geral,Saúde

Santa Catarina recebe mais de 250 mil vacinas contra a Covid-19

Foto: Maurício Vieira/Secom

Camila Silveira Rosa

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Chegou no aeroporto de Florianópolis na tarde desta segunda-feira (3), mais 250.300 vacinas contra a Covid-19. Conforme a secretaria de Saúde, 232.750 são do laboratório AstraZeneca/Fiocruz e 17.550 da Pfizer.

“Neste primeiro momento, a decisão de enviar doses da Pfizer somente para esses dois municípios foi com o objetivo de avaliar a logística de distribuição, tendo em vista que as doses desta vacina exigem maior atenção. Em um segundo momento, outros municípios também vão receber as doses, sendo que serão capacitados para isso”, explica o diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck.

As vacinas da Pfizer serão usadas para a aplicação da primeira dose nos grupos prioritários que estão sendo vacinados neste momento em cada um dos municípios. Ela também é aplicada em duas doses e, segundo recomendação do Ministério da Saúde, o intervalo entre a primeira e a segunda dose deve ser de 12 semanas.

“Com essas doses que estão chegando vamos permitir a conclusão de toda população com 60 anos ou mais, trabalhadores da área da saúde e, assim dar início à vacinação na população com comorbidades. Nos próximos dias, também estaremos recebendo mais uma remessa de vacinas para aplicação da segunda dose em Santa Catarina”, ressalta a secretária de Saúde, Carmen Zanotto.

Já as 232.750 doses da vacina do laboratório AstraZeneca/Fiocruz serão distribuídas a todos os municípios catarinenses a partir desta terça-feira (4), e serão usadas para concluir a vacinação, com aplicação da primeira dose, no grupo dos idosos entre 60 e 64 anos e trabalhadores da saúde. 

O quantitativo de doses distribuído para os trabalhadores da saúde nesta remessa completa a totalidade do pedido de complementação realizado ao Ministério da Saúde para atender esse grupo.

As doses também serão usadas para dar continuidade à vacinação dos profissionais das forças de segurança e salvamento e iniciar a vacinação de um novo grupo prioritário, o de pessoas com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!