Geral

Associação Empresarial de Guaramirim atualiza informação sobre a duplicação da BR-280

O investimento da obra é de aproximadamente R$ 4 milhões

16/07/2020

Por

Associação Empresarial de Guaramirim  atualiza informação sobre a duplicação da BR-280

A Associação Empresarial de Guaramirim (Aciag) retomou as plenárias de modo híbrido (presencial e remoto), devendo manter esse modelo enquanto perdurar a crise sanitária internacional provocada pelo Covid-19.

Um dos assuntos desta semana (13) foi a atualização dos dados sobre a duplicação do trecho urbano da BR-280, que está em plena atividade, com várias frentes de trabalho.

Leia mais:

De acordo com o presidente Gilberto Ronchi, o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Major Thiago Vieira, informou que o Estado mantém o investimento mensal de aproximadamente R$ 4 milhões. Na fase inicial apresentou problemas na área ambiental, mas já foi superado.

Existe a necessidade de relocação dos postes, com valor estimado em R$ 1,7 milhão, já negociados junto à Celesc. São três etapas. A primeira, do trevo de intercessão com a SC-108 (Breitkopf) até a Polícia Rodoviária Federal está em execução, mas foi paralisada devido ao ciclone bomba do dia 30 de junho, que mobilizou as equipes para a restauração das linhas de energia.

As desapropriações, segundo foi informado a Aciag, necessitam de projeto específico, já levantadas pela Azimute. A Secretaria de Infraestrutura e o DNIT firmaram termo de cooperação no momento da delegação de uso por 20 anos ao Estado do trecho de 9,5 km da BR-280, onde o DNIT é responsável pelas desapropriações.

Segundo explicou o presidente da Aciag, Gilberto Ronchi, a informação é de que município terá de declarar as áreas de utilidade pública, o Estado notifica e a União executa. O secretário Thiago Vieira terá encontro com o DNIT para dar sequência às ações.

Com relação ao projeto executivo das obras de artes especiais (viaduto no acesso ao Guamiranga, duplicação do viaduto da Mannes e Ponte do Portal), a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de SC recebeu em junho o documento revisado e atualizado, para licitar.

Para financiá-las, o Estado deve captar recursos via financiamento junto ao BNDES, ou com recursos próprios. São duas as opções. O deputado Vicente Caropreso terá encontro com o secretário Thiago Vieira, nos próximos dias, para verificar como ficou a situação.

Elevados na região central e no acesso ao Bairro Guamiranga integram projeto

O elevado de intercessão da BR-280 com a SC-108, no acesso principal a Guaramirim, já tem as marginais. Quando da expedição da ordem de serviço, em maio de 2017, o valor da obra era de R$ 41,2 milhões. Era para ser concluída em 15 meses pelo Consórcio Infrasul – Coneville Setorsul. Terá 650 metros, sendo 60 metros do elevado, com 23 metros de largura para duas pistas de rolamento em cada sentido e acostamentos.

No trevo de acesso à região do Guamiranga está projetado o rebaixamento da via para construção de uma rotatória e na sequência o local receberá um elevado, integrante do pacote de obras de artes especiais. Os investimentos previstos nesta etapa das obras, é de R$ 85.867.372,67, que devem ficar prontas dentro de um ano.

Conforme o presidente da Aciag, Gilberto Ronchi, existe a preocupação com a mobilidade e a segurança e que a duplicação não se transforme num divisor da cidade, mas sim, uma grande avenida de integração, facilitando a passagem e o acesso para todos.

Uma placa proibindo o retorno no Breitkopf trouxe preocupação. No entanto, a informação é de que ela será vedada e passa a valer somente quando as obras de intercessão com o trecho 2.1 de duplicação da BR-280 (BR-101 a Guaramirim) estiveram prontas.

Notícias relacionadas

x