Geral

China permitirá que gestantes façam cesarianas sem aval dos maridos

O anúncio aconteceu pela mídia estatal nesta terça-feira (21)

21/12/2021

Por

China permitirá que gestantes façam cesarianas sem aval dos maridos

Reuters/Carlos Barria/Direitos Reservados

Uma medida que dá às gestantes o direito de escolher cesarianas para seus bebês, mesmo que os maridos discordem, foi aprovada na China. O anúncio aconteceu pela mídia estatal nesta terça-feira (21).

O comitê permanente do Parlamento, que é o principal organismo de formulação de leis da China, está reunido nesta semana para debater projetos de lei, inclusive um esboço de emenda à Lei de Proteção dos Direitos e Interesses da Mulher, aprovada em 1992.

He Yiting, autoridade parlamentar para questões sociais, disse que, embora a lei esteja em vigor há anos, alguns problemas antigos não foram resolvidos e outros surgiram enquanto a sociedade e a economia progrediram, noticiou a Beijing News.

Atualmente, hospitais só podem permitir que as gestantes façam cesarianas se houver a permissão dos maridos.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x