Estadual

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina conta com novo filhote em treinamento para busca e resgate

No último ano, os binômios do CBMSC estiveram em 95 ocorrências, de busca de pessoas desaparecidas

13/03/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina conta com novo filhote em treinamento para busca e resgate

Para quem ama cachorro, é impossível não se apaixonar pelo Bob. Além de lindo, esse filhote vai ajudar na busca e resgate quando for maior. 

O cãozinho está em treinamento para buscas no 13º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Balneário Camboriú. Ao lado do cabo Genivan Küll, os dois vão formar um binômio (dupla entre bombeiro militar e cão de busca).

Leia mais

 

“No quartel em que eu trabalhava anteriormente já havia um binômio. Eu esperava há 12 anos por isso, mas a tão esperada oportunidade surgiu quando vim transferido para Itapema, há aproximadamente sete anos e, assim, começou todo esse processo, que deu certo.”

Bob é de São Paulo, do mesmo canil do cão de busca Orion, certificado neste ano. Ele foi selecionado entre sete filhotes, presencialmente, pelo próprio cabo, que é cinotécnico – especialista em atuação com cães – formado no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), com mais de 300 horas de estágio.

“O Bob se destacou pela energia e disposição dele, bem como pela coragem apresentada nos testes, que são características que buscamos em um cão para buscas, além disso, o contato dele com humanos foi um ponto positivo”, comenta Küll. “Outro ponto foi a sinergia que tivemos desde o início, que acredito ser um ponto importante para a nossa parceria”, diz.

A partir deste momento, serão dias de muito trabalho, para preparar o Bob, que tem 57 dias de vida, para as certificações que acontecem a partir dos 15 meses. Essas certificações são obrigatórias para que um cão fique operativo e possa atuar no CBMSC.

“Eu estava ansioso para a chegada do Bob, mas preparado, era algo que queria muito, desde antes de 2019, quando fiz o curso de cinotecnia. Aqui em casa ele vai ter muito carinho e a companhia de mais um cão, para brincar bastante”, conta.

O nome do filhote, Bob, foi escolhido por conta de um desenho animado, dos anos 90, chamado “O Fantástico Mundo de Bob”.

Binômios do Corpo de Bombeiros Militar atuaram em 95 ocorrências em 2020

No último ano, os binômios do CBMSC estiveram em 95 ocorrências, de busca de pessoas desaparecidas, um importante reforço, já que os animais conseguem ter uma percepção de odor maior do que a dos humanos, indicando o caminho até as vítimas.

“Cada filhote que chega nos traz mais certeza de que este é um trabalho importante da corporação, tanto em Santa Catarina como no Brasil. Estamos com uma renovação gradativa, que garante que o trabalho seja contínuo e não pare”, destaca o presidente da Coordenadoria de Busca, Resgate e Salvamento com Cães, tenente-coronel Walter Parizotto.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x