Corupá

Corupaenses conhecem novos programas sociais em Brasília

Para Elizete Cardoso, cumprir a agenda em Brasília ao lado da secretária do Estado, proporcionou a troca de informações e conhecimentos com outros municípios de SC

27/07/2022

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Corupaenses conhecem novos programas sociais em Brasília

Divulgação

Em agenda conjunta com a secretária do Desenvolvimento Social do Estado, Rubia Tamanini, 11 municípios de SC estiveram em Brasília no período de 11 a 13 de julho, por meio da gerente de Assistência Social, Adressa Fischer, junto com a assistente social do CRAS, Elizete Cardoso.

“Foi uma agenda bastante extensa, mas com muita informação e conhecimento”, observou Andressa.

Para Elizete Cardoso, cumprir a agenda em Brasília ao lado da secretária do Estado, proporcionou a troca de informações e conhecimentos com outros municípios de SC.

Na Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, as representantes de Corupá conheceram muitas propostas para análise e discussão para implantar no município, como o Programa Qualifica Mulher, para auxiliar a mulher empreendedora; programa Mães do Brasil, primeiro programa com foco na maternidade; Programa Salve uma Mulher que é um curso para capacitar toda a rede de atendimento às mulheres vítimas de violência, entre outros.

Corupá fez a adesão de dois programas federais que são o Reconecte, que visa fortalecer os vínculos familiares por meio do uso saudável das novas tecnologias e o programa “Famílias Fortes”, que visa o bem-estar dos membros da família a partir do fortalecimento dos vínculos e do desenvolvimento de habilidades sociais. No Ministério da Cidadania, houve encontro com a secretária nacional da assistência social, Maria Yvelônia, e com o secretário nacional adjunto do trabalho e previdência, André Veras.

Mais de mil famílias recebem o Auxílio Brasil e o BPC

Atualmente, Corupá possui 969 famílias que recebem o Auxílio Brasil, valor repassado pelo governo federal e que no mês de julho foi de R$ 124.286,00. O grupo catarinense também esteve com o ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, e com o presidente do INSS, Guilherme Serrano, onde foi tratado sobre o BPC (Benefício de Prestação Continuada,) que é um auxílio da assistência social muito importante.

Em Corupá, são mais de 80 beneficiários, e em 2022 já foram repassados R$ 608.424,40 à população, fortalecendo a economia local e ajudando quem mais precisa.

“Através de um termo de cooperação técnica, estamos articulando com o governo federal ações que levarão mais agilidade e seriedade para a população corupaense”, disse Andressa Fischer.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x