Geral

Delegada fala sobre combate ao abuso infantil para vereadores mirins de Jaraguá

O fato aconteceu na sessão da última quarta-feira (25)

27/05/2022

Por

Delegada fala sobre combate ao abuso infantil para vereadores mirins de Jaraguá

Tiago Rosário/CVJS

A convite da Procuradoria da Mulher do Legislativo de Jaraguá do Sul, a delegada da Polícia Civil, Roberta França, participou da sessão da Câmara Mirim na quarta-feira (25) para conversar sobre o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. Essa é mais uma atividade realizada em alusão ao Maio Laranja, campanha de combate à violência infantil realizada em todo o país.

Roberta, que hoje está à frente da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), trabalha diretamente com esses casos e mostrou uma triste realidade. Segundo ela, as ocorrências de abuso e exploração infantis no município são muito recorrentes.   “Infelizmente não tem uma semana que eu abro a tela do meu computador e que não tenha um BO de estupro de vulnerável”, lamentou.

A delegada explicou que abuso infantil é qualquer prática de conjunção carnal ou qualquer ato libidinoso com menor de 14 anos, independentemente de consentimento. Ela ainda alertou para o fato de não existir importunação sexual quando a vítima tiver menos do que 14 anos de idade. Segundo a delegada, qualquer ato que, caso seja praticado contra alguém mais velho, poderia ser interpretado como importunação sexual, quando é praticado contra uma criança é tipificado como estupro.

Roberta ainda advertiu os mirins de que também não existe um perfil de abusador ou estuprador, já que os casos registrados na Dpcami mostram que esse tipo de criminoso pode ser de qualquer classe social, qualquer grau de escolaridade e de qualquer idade. “Já teve caso de criança de 10 anos abusando de outra criança de 7 anos e maiores de 60 anos abusando de crianças”, relata.

A delegada ainda conta que, na maior parte das vezes, o abusador é alguém próximo da vítima, como um tio, primo, amigo da família, vizinho ou até mesmo o pai da criança.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x