Geral

Divulguei fake news sem saber que era mentira: posso ser preso? Quais as consequências?

Confira o que diz o Código Penal brasileiro, quais os tipos de crime que afetam a honra e como identificar uma notícia falsa antes de compartilhar.

24/01/2023

Por

É inegável que a internet trouxe uma série de benefícios para as nossas vidas, aproximando a comunicação entre as pessoas que estão distante e criando uma grande rede de pessoas conectadas. Entretanto, como tudo na vida tem seu lado bom e ruim, também existem consequências negativas, a exemplo das fake news.

O termo em inglês se popularizou para se referir as notícias falsas que são divulgadas e compartilhadas, principalmente, nas redes sociais. A prática é extremamente prejudicial e resulta em consequências que vão além do ambiente virtual onde foram criadas e difundidas, trazendo impacto para a vida real.

Certamente você já recebeu ou até mesmo compartilhou algo que depois descobriu ser mentira, mesmo que não tenha sido a sua intenção, esta atitude pode ter contribuído para disseminar a fake news. Apesar de ser um fenômeno que ganhou grandes proporções recentemente, já se discute se a pessoa pode ser presa e quais as penalidades aplicadas.

Como identificar uma notícia falsa?

A ideia de que a sociedade está vulnerável a informações falsas parece quase impossível diante do acesso à informação por parte de uma parcela considerável da população. Entretanto é exatamente isto que está acontecendo no Brasil e no mundo, com a fabricação de fatos que rapidamente se propagam como se fossem verdade.

Assim como a tecnologia evoluiu, também avançaram as técnicas utilizadas para criar e espalhar o que antes conhecíamos como “boato”. São utilizados recursos de vídeo, animação, montagem, edição, automatização e robôs virtuais que pegam algo que desperte o interesse das pessoas e criam uma notícia falsa em cima deste tema. O resultado é a rapidez do compartilhamento.

Geralmente, as notícias falsas possuem títulos alarmantes e exagerados, pedem o compartilhamento urgente e são difundidas nas redes sociais ou em páginas e sites de procedência duvidosa. Na dúvida, faça uma pesquisa em outros sites e dê preferência aqueles que possuem credibilidade.

 

Punição para quem espalhar fake news

Uma fake news pode causar prejuízos financeiros, incitar o medo, causar acidentes, levar ao erro e outras tanta consequências. Mesmo que ainda não exista uma legislação brasileira específica para punir esta prática, o Código Penal prevê outras punições que podem ser aplicadas a quem espalha notícias falsas.

A maior parte das fake news costuma se enquadrar nos crimes contra a honra, tendo em vista que prejudicam a imagem de uma pessoa com algo que não é verdade. Estão previstos três tipos de crimes nesta categoria, confira clicando aqui

 

Conteúdo original publicado por PRONATEC

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVDigital

Notícias relacionadas

x