Estadual

Entidades lançam a campanha “SC não pode parar” para melhorias viárias

A campanha, que é uma iniciativa da Federação das Indústrias (Fiesc) e do Grupo ND, recebeu o apoio de todos os parlamentares que participaram do evento e do Ministério da Infraestrutura

27/07/2021

Por

Entidades lançam a campanha “SC não pode parar” para melhorias viárias

A manhã de sexta-feira (23) foi marcada pelo lançamento da campanha “SC não pode parar”. Entre os desfechos do encontro está a proposta de antecipação da revisão quinquenal do contrato de concessão da BR-101, atualmente programado para 2022. Isso permitirá a execução de obras necessárias para destravar a rodovia, mas que não estão previstas no Programa de Exploração da Rodoviária, que vai até 2032, quando se encerra o atual contrato de concessão. A campanha, que é uma iniciativa da Federação das Indústrias (Fiesc) e do Grupo ND, recebeu o apoio de todos os parlamentares que participaram do evento e do Ministério da Infraestrutura.

Leia mais:

“Hoje iniciamos uma grande campanha em prol do desenvolvimento catarinense. Apresentamos sugestões para melhoria da BR-101 que contribuíram para aliviar o trânsito, diminuir acidentes e permitir melhor qualidade de vida à população. Vamos construir este caminho com a união de esforços de toda a sociedade, além do apoio político e empresarial”, afirmou o presidente da Fiesc, Mário Cezar de Aguiar.

De acordo com o presidente, todas as rodovias federais serão contempladas na campanha, porém a BR-101 é a primeira por ser a de maior movimento e abrigar no seu entorno um complexo portuário estratégico e um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil.

 

Principal rodovia, BR-101 é o foco inicial das ações do grupo

 

A BR-101 percorre o Estado por 465 km. Segundo dados do relatório da concessionária Autopista Litoral Sul e validadas por análise no âmbito do Grupo Técnico BR-101 do Futuro, da Fiesc, em determinados horários a rodovia opera em nível F, o último e pior nível de capacidade.

Com 32,8% do total, Santa Catarina é o Estado com maior número de acidentes na BR 101 entre os 11 Estados cortados pela rodovia. Entre todas as rodovias federais, no ano passado, SC foi, proporcionalmente, o terceiro com maior número de acidentes e o segundo em número de mortes.

Para melhorar esses indicadores, foram apresentados projetos que têm elevado impacto na melhoria das condições da rodovia.  O site “BR-101 – SC não pode parar” traz informações sobre a campanha e detalhes sobre os estudos desenvolvidos. Também é possível acompanhar as informações sobre a rodovia, as soluções para os problemas e notícias.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x