Geral

Mudança de referência cardiológica é questionada

Até dezembro de 2019, a referência em alta complexidade cardiovascular para municípios do Vale do Itapocu eram Blumenau e Itajaí e

19/06/2020

Por

Mudança de referência cardiológica é questionada

A mudança de referência em cardiologia de alta complexidade que eram os Hospitais Santa Isabel (Blumenau) e Marieta Konder Bornhausen (Itajaí) levou o vereador Djonathan Cisz a pedir explicações à Secretaria de Estado da Saúde e, também, a Amvali, para que informe o que foi feito para evitar que isso ocorresse. Hoje a referência cardiológica é Mafra.

Leia mais:

Este assunto foi discutido pelo Colegiado de Saúde da Amvali, em maio (dia 11), envolvendo representantes dos Hospitais João Schreiber (Massaranduba), São José (Jaraguá do Sul) e da Macrorregião de Saúde do Planalto Norte e Nordeste Catarinense, junto com os secretários e diretores de saúde da microrregião.

Até dezembro de 2019, a referência em alta complexidade cardiovascular para municípios do Vale do Itapocu eram Blumenau e Itajaí e, com o remanejamento, a unidade habilitada passou a ser o Hospital São Vicente de Paulo, em Mafra.

O questionamento é a distância e o tempo para ser percorrido, o que pode ser fatal em caso de urgência/emergência. Existem esforços no sentido da busca pelo credenciamento em alta complexidade cardiovascular do Hospital São José, de Jaraguá do Sul, junto ao Ministério da Saúde. As documentações já foram encaminhadas à Secretaria de Estado da Saúde e ao Ministério da Saúde, mas a habilitação não teve sucesso, ainda.

Notícias relacionadas

x