Geral

Nascido em Luiz Alves, arcebispo emérito de Cuiabá morre aos 91 anos

A Igreja do Brasil e particularmente do Mato Grosso perdeu na noite de sábado (28) um de seus principais líderes religiosos, o arcebispo emérito de Cuiabá, Dom Bonifácio Piccinini. Ele tinha 91 anos e estava internado em Unidade de Terapia Intensiva desde a segunda-feira (23) devido à oscilação na pressão….

01/12/2020

Por

Nascido em Luiz Alves, arcebispo emérito de Cuiabá morre aos 91 anos

A Igreja do Brasil e particularmente do Mato Grosso perdeu na noite de sábado (28) um de seus principais líderes religiosos, o arcebispo emérito de Cuiabá, Dom Bonifácio Piccinini.

Ele tinha 91 anos e estava internado em Unidade de Terapia Intensiva desde a segunda-feira (23) devido à oscilação na pressão.

 

Leia mais:

 

O velório aconteceu na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus. Diversas missas foram celebradas no domingo (29), a cada duas horas, mas a solene missa exequial foi na segunda-feira (30), às 8h e o sepultamento às 9h, na Cripta da Catedral Basílica.

Dom Piccinini nasceu em 13 de maio de 1929, em Luiz Alves (SC), hoje Massaranduba, região do 1º Braço do Norte.

Fez sua profissão religiosa na congregação dos Salesianos em 31 de janeiro de 1948. Foi ordenado presbítero em 11 de fevereiro de 1960, em Turim (Itália). Em 2 de julho de 1975 foi ordenado bispo coadjutor.

Em 31 de agosto de 1975 recebeu sua ordenação episcopal em Lavrinhas (SP).

Foi nomeado como arcebispo em 27 de junho de 1975 e em 15 de agosto de 1981 tomou posse como arcebispo titular. Teve sua renúncia aceita em 9 de junho de 2004. Seu lema era “Bonum facere parvulis” (fazer o bem aos pequeninos).

O religioso viveu mais de 45 anos no Mato Grosso, tempo em que teria participado da construção de mais de 200 igrejas católicas no estado.

Durante a sua caminhada como Salesiano, ocupou diversas funções, inclusive cargos de direção.

A arquidiocese de Cuiabá e a CNBB emitiram notas manifestando pesar pelo falecimento de Dom Bonifácio Piccinini e o seu trabalho pastoral marcado pela solidariedade aos mais pobres e sofridos, em consonância com a igreja.

 

Receba as notícias do JDV no seu WhatsApp!

Notícias relacionadas

x