Estadual

Primeiro caso da variante Delta é confirmado em Jaraguá pela secretaria de Saúde de SC

Outros casos suspeitos do município ainda estão em avaliação na Vigilância em Saúde do estado

27/08/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Primeiro caso da variante Delta é confirmado em Jaraguá pela secretaria de Saúde de SC

A secretaria de Saúde de Santa Catarina confirmou o primeiro caso da variante Delta em Jaraguá do Sul. Conforme a secretaria de Saúde do município, trata-se de uma mulher de 25 anos com histórico de viagem para o México, o que caracterizou o caso como importado. 

Leia mais

Ainda segundo a pasta, durante o período de transmissão a paciente permaneceu em isolamento e monitorada pelos profissionais da secretaria. A paciente já recebeu alta do monitoramento e está bem.

Para o secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti, o registro do primeiro caso da variante Delta em Jaraguá do Sul reforça ainda mais a importância de a população ser imunizada contra a covid-19. 

“Não tem outra forma de nos protegermos contra o vírus, a não ser completar o esquema vacinal com as duas doses e continuar com as medidas de prevenção, que são o uso de máscaras, a higienização das mãos e manter o distanciamento, evitando aglomerações”, diz ele.

Outros casos suspeitos do município ainda estão em avaliação na Vigilância em Saúde do estado. Os testes preliminares (triagem) para a identificação das possíveis infecções por Variantes de Preocupação (VOC), como a Delta, são realizados no Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN/SC).

As análises determinam se a amostra é uma provável variante de preocupação a partir da identificação de mudanças específicas que são diferentes entre os tipos de vírus. Ao serem enviadas à Fiocruz, as amostras passam por um sequenciamento genômico completo, que fornece detalhes do perfil e classifica com exatidão a linhagem de cada amostra.

Em Santa Catarina, até o momento, foram confirmados 63 casos da variante Delta do coronavírus – conhecida por ser mais transmissível – em 28 municípios catarinenses. Desse total, 26 casos são considerados casos autóctones (de transmissão dentro do estado), sete casos importados (transmissão fora do estado) e 30 estão em investigação sobre o local provável de infecção. Dos 63 casos, dois evoluíram para óbito.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x