Estadual

Projeto impede lockdown sem prévia reunião com empregadores em SC

O texto determina antecedência mínima de 48 horas para a reunião com setores de alimentação, turismo, shoppings, entre outros envolvidos

09/03/2021

Por

Projeto impede lockdown sem prévia reunião com empregadores em SC

Um projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa, de autoria da deputada Ana Campagnolo (PSL), visa impedir o fechamento do comércio pelo governo do Estado durante a pandemia sem prévia reunião com empregadores e empregados do setor.

O texto determina antecedência mínima de 48 horas para a reunião com setores de alimentação, turismo, shoppings, parques temáticos, na qual devem ser apresentados embasamentos científicos e de saúde pública para o fechamento das atividades. Além disso, seria necessária a apresentação de alternativas para se evitar a crise econômica e o desemprego no estado.

Leia mais:

Tribunal de Contas recomenda lockdown imediato por 14 dias em Santa Catarina

Vereadores aprovam recursos para mais 10 leitos de UTI Covid-19 em Jaraguá

Hospital e maternidade Jaraguá está com vagas abertas em 19 áreas

Segundo o parágrafo quarto, a reunião deverá ser gravada e transmitida em tempo real via internet, possibilitando a participação dos representantes virtualmente.

De acordo com a justificativa, a proposta quer garantir que um diálogo entre todas as partes envolvidas. “O presente Projeto de Lei busca tão somente garantir o direito ao diálogo e a participação dos geradores de emprego e renda e dos empregados em nosso estado antes de qualquer determinação de fechamento”, afirma o texto.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

 

Notícias relacionadas

x