Geral

Projeto triplica o número de produtores de hortaliças protegidas

A produção é destinada, principalmente, para mercados locais, Centrais de Abastecimento (Ceasa), escolas e creches, além de distribuidores

17/09/2019

Por

Implantado há menos de três anos, o Projeto Cinturão Verde triplicou o número de produtores de hortaliças protegidas em Jaraguá do Sul. “Eram apenas 10, hoje são 32”, registra o secretário de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, Daniel Peach. O projeto consiste na entrega de kits de abrigos protegidos que variam de 15, 25 ou 50 por 6,3 metros, além de orientação técnica. O kit maior, que compreende arco, plástico, mangueira de gotejamento, conectores e perfil de alumínio, custa cerca de R$ 4 mil. No ano passado, foram entregues 33 kits para 27 agricultores. Há uma lista de espera com outros 19 interessados.

A produção é destinada, principalmente, para mercados locais, Centrais de Abastecimento (Ceasa), escolas e creches, além de distribuidores. De acordo com o engenheiro agrônomo Jackson Schültz, os produtores beneficiados são visitados regularmente para orientações técnicas. A agricultura familiar é predominante em Jaraguá do Sul. Segundo o engenheiro agrônomo, Roberto Nagel, a Secretaria conta com 1.383 proprietários de imóveis rurais cadastrados. São produtores rurais que recebem algum atendimento da Secretaria, desde insumos, materiais, serviços de máquinas e atendimento técnico, tais como agronomia e veterinária”, explica.

Notícias relacionadas

x