Geral

Sociedade Alvorada de Jaraguá do Sul reforça a tradição com a festa de rei

O movimento patrimonial da prática esportiva do tiro ao alvo, em Rio Cerro, iniciou ainda na primeira década do século XX

13/05/2022

Por

Sociedade Alvorada de Jaraguá do Sul reforça a tradição com a festa de rei

Divulgação

O movimento patrimonial da prática esportiva do tiro ao alvo, em Rio Cerro, iniciou ainda na primeira década do século XX, por meio das entidades associativistas: Sociedade Atiradores Gemütlichkeit, Sociedade Dr. Lauro Müller, Sociedade de Tiro ao Alvo Teuto Brasileira (1916), Sociedade Atiradores Rio Cerro I – Salão August Radünz (1935), Salão Ristow, Salão Röder (Roeder), Salão Gumz, cuja Sociedade Alvorada (antiga Aurora) é herdeira das tradições remanescentes.

Localizada na Rodovia Wolfgang Weege, em Rio Cerro II, no sábado, 7 de maio, a diretoria da Sociedade Alvorada, realizou a tradicional festa do tiro rei. Porém, o lazer social foi marcado pelas competições do bolão de mesa.

A Banda GBD Garibaldi animou a ritualística folclórica de busca de majestades e tarde dançante. A corte das majestades estava formado pelo rei (könig) Valdino Laube e pelos cavalheiros (ritter) Sandro Gruel e Ademir Mathias.

O evento também foi marcado pela sessão de homenagem, com destaque a Curt Hass (ex-integrante da Bandinha Aurora), que foi o orador em língua alemã, e Amauri Mathias orador na língua portuguesa, completando Marcelo Prochnow, Keko Fallgater (presidente) e Ademir Pfiffer (historiador).

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x